Prêmio Ester Sabino para mulheres cientistas é lançado em São Paulo

17 de março de 2021

Apenas 48 horas após o primeiro caso de COVID-19 do país ser confirmado em um hospital de São Paulo, a sequência completa do genoma do SARS-CoV-2 foi publicado pelas cientistas, com a colaboração de pesquisadores do Instituto Adolfo Lutz e das universidades de São Paulo (USP) e de Oxford (Reino Unido).
Publicado no dia 28 de fevereiro de 2020, o trabalho de sequenciamento foi realizado em tempo recorde, graças a uma tecnologia rápida e portátil que tem sido fundamental para o monitoramento da pandemia e a identificação das novas variantes do vírus (leia mais em: https://agencia.fapesp.br/32637).
Um ano após o feito, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo e a Academia de Ciências do Estado de São Paulo (Aciesp) lançam o “Prêmio Ester Sabino para mulheres cientistas”, com o objetivo de incentivar a participação de mulheres na ciência e reconhecer sua contribuição ao desenvolvimento científico, tecnológico e econômico do Estado de São Paulo.

Veja a matéria completa em:
https://agencia.fapesp.br/premio-ester-sabino-para-mulheres-cientistas-e-lancado-em-sao-paulo/35418/

premio ester sabino
https://youtu.be/YBo6SXsB01o